Vizinhos evangélicos ajudam terreiro que pegou fogo na Zona Oeste do Rio

Centro Espírita Templo de Ogum e Caboclo Rompe Nuvem. Foto divulgação.

Por Alessandro Valentim

Um incêndio atingiu o Centro Espírita Templo de Ogum e Caboclo Rompe Nuvem durante a madrugada do último domingo, 29, em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O fogo foi causado por um curto circuito-circuito e destruiu dois quartos utilizados para as obrigações dos médiuns, além de uma geladeira e tantos outros itens da religião.

Para conter as chamas, a família CETORN contou com a ajuda dos vizinhos evangélicos. Num ato de compaixão e respeito, cada um deles perguntou o que poderiam carregar e foram incansáveis, controlando o incêndio antes mesmo dos bombeiros chegarem ao local. No culto do dia, após o ocorrido, o pastor parabenizou os fiéis e citou que onde há amor, há Deus e elogiou o trabalho de caridade realizado pelo terreiro.

Centro Espírita Templo de Ogum e Caboclo Rompe Nuvem. Foto divulgação.

‘’Estou muito emocionada com a atitude dos meus irmãos. Diariamente acompanhamos denúncias de intolerância religiosa e, na hora do aperto, fomos surpreendidos com um ato totalmente contrário a esse movimento’’ – afirmou a dirigente do terreiro, Mãe Carla de Oxum.

A Zeladora e seu marido, Vitor Hugo, sofreram pequenas queimaduras no braço e na perna. A família criou uma campanha e aceita doações pelo Pix: carla.veiga.rosa@gmail.com

Centro Espírita Templo de Ogum e Caboclo Rompe Nuvem. Foto divulgação.