Jogador da Seleção Brasileira comemora gol com homenagem a Oxóssi

Paulinho faz o símbolo do Ofá (arco e flecha de Oxóssi)./Foto Divulgação.

Por Alessandro Valentim

O Brasil venceu a Alemanha na abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2021 com o placar de 4×2. O último gol da vitória fez história com a homenagem feita pelo jogador Paulinho ao seu Orixá, Oxóssi.

Não é a primeira vez que o atleta exalta a sua fé. Na última semana, em uma entrevista ao The Players’ Tribune Brasil, Paulinho contou sua história com a Umbanda e com o Candomblé e a importância da sua família na trajetória brilhante do jogador.

Com a frase “Que Exu ilumine o Brasil”, Paulinho despertou no coração de cada médium o valor de assumir a sua fé como um grito de resistência contra a intolerância religiosa.

Ao homenagear Oxóssi com a simulação de um arco e flecha, o jogador mostrou como é importante não renegar a sua religião e que o respeito deve ser uma exigência de todos.

Outro fato que marcou a partida foi a narração de Gustavo Villani no SporTV que ecoou “Pra Exu aplaudir” durante o gol de Paulinho.

O jogador já publicou diversas vezes em seu Twitter a saudação “Laroyê Exu” para agradecer o seu êxito como atleta.