Alerj instala CPI da Intolerância Religiosa no Rio

Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro/Foto: Divulgação Alerj.

Por Alessandro Valentim

A Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro aprovou a abertura de uma Comissão Parlamentar para investigar os casos de intolerância religiosa no Estado. Por unanimidade, os parlamentares elegeram a deputada Martha Rocha (PDT) como presidente, a deputada Tia Ju (PRB) como vice-presidente e o deputado Átila Nunes (MDB) como relator da CPI.

 Somando os dados da Polícia Civil com o Instituto de Segurança Pública (ISP), foram registrados mais de 8 mil casos de violação à liberdade de crença nos últimos seis anos. Para o relator da Comissão, o deputado Átila Nunes, o Estado não pode se calar diante dos números expressivos e as investigações devem dar uma resposta aos grupos que sofrem ataques motivados pelo crime de intolerância.