Papo e Bênção: Pai Daniel destaca força da família em seu terreiro

Pai Daniel no Templo Espiritualista São Judas Tadeu/Foto: Henrique Esteves.

Por Alessandro Valentim

O Templo Espiritualista São Judas Tadeu traz os valores da família em sua bandeira. Pai Daniel, dirigente do templo, visitava os terreiros ao lado de sua avó que hoje se orgulha ao ver o neto conduzir o chão do senhor das causas impossíveis. E para o elo ficar completo, a esposa do dirigente é Mãe de Santo na casa e com muito amor, carinho e bom exemplo, Pai Daniel e Mãe Cinthia são responsáveis pela tradição do terreiro.

 

Qual a importância da sua família carnal em sua trajetória na Umbanda?

Estou na Umbanda há 28 anos e minha família carnal tem e sempre teve uma importância muito grande na minha trajetória. Quando comecei, minha avó sempre me acompanhava quando ia às casas, na verdade, até hoje frequenta o templo. E tenho ao meu lado minha esposa, que é quem dirige a casa comigo.

Como a religião pode contribuir positivamente na família de alguém?

A religião, independente de qual seja, tem um papel muito importante para a família. Criar essa ligação com Deus é muito importante para o mundo atribulado onde vivemos hoje, em que os valores são perdidos e invertidos. Não à religião e a fé, que a partir do medo, inibem as coisas, mas a inibição das coisas pela consciência do que é certo e errado.

Como lida com os problemas familiares dos seus filhos de santo?

Como pais e mães, nós temos uma obrigação perante ao Astral de cuidar dessa família que nos escolheu através de conselhos, puxões de orelha e afago. Nós tentamos da melhor forma possível conduzir essas pessoas e ajudá-las a enxergar e entender que todos nós temos problemas, mas com a fé, eles são amenizados.

Como é dirigir uma casa ao lado de sua esposa?

Pai Daniel ao lado de sua esposa, Mãe Cinthia no Templo Espiritualista São Judas Tadeu/Foto: Henrique Esteves.

Dirigir o templo ao lado de minha esposa é um dos maiores presentes que o Astral poderia ter me dado. É meu braço direito.  Posso dividir minhas angústias e problemas. É alguém com quem consigo compartilhar dificuldades, conversar e tenho a certeza que estará sempre ao meu lado em qualquer situação.

Quando você precisa ser mais pai do que Pai de Santo?

Para mim, eu não sou mais pai em algum momento. Eu sou sempre pai, em todos os momentos.

Quem é São Judas Tadeu na sua vida?

Mãe Cinthia no Templo Espiritualista São Judas Tadeu/Foto: Henrique Esteves.

Ele é o grande patrono da casa, sincretizado com Xangô, o grande senhor da justiça e como São Judas Tadeu, o senhor das causas impossíveis. A fé tem muito disso, realizar coisas que para nós humanos não seria possível. Para mim, ele é a representação da fé.

O que Daniel ensinou para Pai Daniel e o que Pai Daniel ensinou para Daniel?

O Daniel ensinou que ele pode errar, pois é humano. Já o Pai Daniel não pode errar porque tem uma missão com o Astral. Também ensinou para o Daniel se solidarizar com as pessoas, entender o problema do outro, se importar com a dor do próximo, afinal essa dor poderia ser sua.