Terreiros continuam fechados por ordem dos Orixás na Bahia

Ilê Ase Oyá Igbalé- Fraternidade Universalista e Esotérica Sara Kaili/FOTO: Henrique Esteves

Por Alessandro Valentim

 A pandemia fez com que os estabelecimentos comerciais e templos religiosos fechassem as portas. O isolamento social foi abraçado pelos Estados por bastante tempo, mas medidas de relaxamento já estão sendo utilizadas. No caso dos templos, basta a permissão das autoridades ou a espiritualidade precisa aprovar?  

 

 Na Bahia, pais de santo consultaram os búzios para obter respostas dos Orixás. Ainda com a autorização para abertura dos terreiros seguindo as normas de prevenção, os guias espirituais não permitiram o retorno das atividades.

 Embora não seja geral, a grande maioria irá esperar a vacina e a certeza de que estão completamente seguros para a recepção da assistência nas casas. Vale lembrar que já temos algumas vacinas com resultados positivos como a de Oxford. 

 Nas lives do Melodias de Terreiro, todos os dirigentes que participaram afirmaram que suas casas estão fechadas aguardando a vacina, o que mostra que além da Bahia, outros Estados como o Rio de Janeiro estão seguindo a mesma linha.

 Além dos questionamentos sobre o retorno das atividades, os dirigentes deram suas opiniões sobre a mensagem espiritual que o momento traz. O ponto em comum das respostas é que o astral entende a gravidade da situação e que a humanidade precisa refletir sobre a importância das relações pessoais, do abraço e respeito com o próximo e a natureza.