Mulheres protestam contra intolerância religiosa e racismo em Santos

Centenário da Tenda Mirim/Foto: Henrique Esteves

Em representação ao Dia Nacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, um grupo de mulheres se reuniu na Praça do Aquário, Santos-SP em protesto contra o racismo e a intolerância religiosa.

As manifestantes também pediram que seja colocada uma imagem de Iemanjá no local. Considerando que em espaços públicos da cidade é comum encontrarem imagens de santos católicos e passagens bíblicas, as ativistas consideram ser de direito geral a representação da cultura e religiosidade negra para o conhecimento de todos.

Para o vereador do Rio de Janeiro, Átila A. Nunes, é surpreendente que as religiões afro sofram tanta discriminação até mesmo na Bahia, Estado conhecido por sua herança cultural marcada com as histórias dos Orixás. ‘’A intolerância vem crescendo pelo país por falta de interesse do governo em investir no conhecimento amplo de todas as culturas locais. A educação é a maior aliada contra qualquer tipo de preconceito.’’- Átila A. Nunes.