Papo e Bênção! Mãe Celeste fala sobre Iansã

Mãe Celeste com a imagem de Santa Bárbara/Foto retirada do Facebook da dirigente.

Por Alessandro Valentim

Os filhos de Iansã são conhecidos pelo seu temperamento forte e carisma. Em todas as histórias do Orixá seu empoderamento feminino é destaque e por isso muitos a chamam de defensora das minorias. Com seu giro de chegada e brado de presença, Iansã mexe com a energia dos presentes e torna a gira uma grande festa com seus pontos de ‘’arrebentar o couro do atabaque.’’

E é com a energia dela que o Terreiro de Iansã da Mãe Celeste leva os ensinamentos da umbanda para o corpo mediúnico e visitantes. Em sua participação no Momento de Oração, na live do instagram Melodias de Terreiro, a dirigente da casa chamou atenção quando falou de Iansã e fez sua oração clamando aos ventos pela cura e estabilidade.

Veja mais sobre Mãe Celeste e a importância de Iansã na sua vida e em seu terreiro!

NT: Como se tornou Mãe de Santo?

– Após o fechamento da casa que eu frequentava por orientação da minha mãe de santo, que não se encontra mais nesse plano, iniciei o meu terreiro.

NT: Quando descobriu Iansã na sua vida?

– Sempre fui devota de Santa Bárbara e indo assistir a uma gira ela se manifestou através de mim.

NT: Qual a característica dela mais marcante em você?

– A sinceridade.

NT: Como ela trabalha na sua casa?

– Geralmente em limpezas de ambientes e limpezas espirituais e carnais espirituais.

NT: Como lidar com os filhos de Iansã?

– Sendo verdadeiro.

NT: Qual foi a maior prova de fé que ela te deu?

Mãe Celeste em seu terreiro/ Foto retirada do Facebook da dirigente.

– Nos momentos de fragilidade da saúde ela sempre me manteve de pé.

NT: Quais são os outros guias chefes da sua casa?

– Vovó Cambinda de Angola, Cabocla Jurema, Sr. Tranca Ruas das Almas e D. Maria Padilha Rainha das 7 encruzilhadas.

NT: O que diria para quem quer entrar na sua casa hoje?

– Ter amor à umbanda, respeito, responsabilidade e buscar sempre o conhecimento com as palavras da preta-velha, além da empatia.