Papo e bênção! Mãe Manu da Oxum e o Povo Cigano na Umbanda

Mãe Manu da Oxum em homenagem ao Povo Cigano/ Foto retirada do Facebook da dirigente.

Por Alessandro Valentim

Os Ciganos trouxeram uma tradição forte para a Umbanda. Suas giras são leves, alegres e os presentes podem desfrutar de suas histórias e conselhos. E foi com a energia da falange de Santa Sara Kali que a Mãe Manu da Oxum do Templo de Umbanda Tsara Paixão Cigana deu início a sua missão de caridade.

NT: Qual a importância do Povo Cigano para a Umbanda?

– Os espíritos de Ciganos, nosso amado Povo do Oriente, são espíritos alinhados a frequência energética da Umbanda que certamente vieram para agregar luz, força e fé.

NT: Qual o papel do Povo Cigano na sua casa?

– No Templo de Umbanda Tsara Paixão Cigana os Ciganos do Oriente são força máxima e responsáveis por toda organização de diretrizes de trabalhos espirituais. Além disso, existe a harmonização e respeito com os guias de Umbanda .

NT: Como eles trabalham?

-Estamos falando de um povo que com poucos recursos desenvolveu todo o  necessário para cuidar dos seus. Esses espíritos são mestres em cirurgias espirituais, purificação, abertura de caminhos, verdadeiros guardiões das leis dos destinos.

NT: Qual a diferença entre trabalhar apenas com ciganos e com ciganos na Umbanda?

– O trabalho apenas com Ciganos acaba envolvendo apenas sua cultura e hábitos originais de seu Povo. Já quando associados a Umbanda eles trabalham em alguns lugares em linhas mistas e acabam trabalhando com  comportamentos diferenciados .

Mãe Manu com seu marido em homenagem ao Povo Cigano/ Foto retirada do Facebook da dirigente.

NT: Eles precisam falar em outras línguas?

– A questão de linguagem não se faz necessária, pois sabemos que o espírito alcança o entendimento quando se destina a retornar para caridade, porém seus idiomas são bem aceitos e comuns em suas radiações desde que não sejam indecifráveis, afinal o objetivo é a caridade e não impressionar ninguém.

NT: Desenvolver a linha dos Ciganos é mais fácil ou mais difícil que as outras?

-Sobre essa questão afirmo que estamos falando de espíritos que são um grande vento! Dependerá muita mais da reforma íntima do médium, pois Ciganos são retos em seus pensamentos. Por serem leais, fiéis ,justo e respeitarem a liberdade , o comportamento e amor do médium falará muito mais nessa condição de desenvolvimento.

NT: Qual a maior conquista do Povo Cigano em sua vida?

– Minha vida, minha fé, minha força, meu escudo, minha família, minha Tsara, meu Templo, a proteção dos filhos espirituais que o Universo me dedica.

NT: Quais valores Ciganos sua casa ensina?

– Creio que as mesmas das casas que lidam com o respeito ao universo. Mas uma coisa é clara que a lealdade é lei para eles e para casa, pois não é possível ser tudo quando nada se quer ofertar. CIGANOS são troca de facas.  Cigana Íris do Oriente ensinou que amor com amor se dá  e que onde não existir amor retira se de corpo ,alma e coração!

Afinal, energia se compartilha, se troca e pelo certo não se suga, não se desgasta insistentemente aos que apenas buscam para si vantagens. Para Ciganos não se ludibriam pessoas e espíritos para se “conquistar apenas o que se quer” e sim se conquista o que se cultiva e para o que você está destinado.