Pinturas mediúnicas chamam a atenção de seguidores do Melodias de Terreiro

FOTO: Cigana feita por Lívio Barbosa durante manifestação de psicopictografia

O dirigente e médium de psicopictografia, Lívio Barbosa, participou de uma live no instagram do Melodias de Terreiro para explicar sobre o dom de se comunicar com o astral através da arte. A entrevista foi ao ar na última quarta-feira, 20, e contou com uma demonstração ao vivo de pintura mediúnica.

 Psicopictografia é quando um espírito se manifesta em um médium através de pinturas, que popularmente chamamos de pinturas mediúnicas. Assim como nas cartas psicografadas, as obras são assinadas pelos pintores espirituais e podem trazer significados de reflexão e recados, quando o quadro é destinado a alguém. É comum pintarem paisagens, entidades, pessoas que viveram em épocas distantes e em alguns casos um ente querido que já se foi.

 O assunto chamou bastante atenção de quem assistiu à live. Não demorou muito para surgirem diversas perguntas. Todos queriam saber como Lívio descobriu o dom, como ele funciona e até mesmo o que fazer para saber se é médium de psicopictografia. O dirigente explicou que nenhum dom mediúnico deve ser forçado, mas sim aguardar a comunicação se ela vier. Ele contou que sua primeira manifestação ocorreu aos 13 anos de idade, quando se aproximou dele o espírito de Aleijadinho, um importante escultor, entalhador e arquiteto do Brasil colonial.

A história de Lívio ganhou repercussão no antigo TV Xuxa, quando a apresentadora visitou o médium e apresentou suas obras. Ela não foi a única a se interessar pelo assunto. Uma turnê pela Europa contou com suas palestras e ensinamentos sobre a prática.

Mais do que comunicação, as pinturas mediúnicas têm a missão de tocar o coração das pessoas a fim de que sintam a existência do plano espiritual e a continuidade da vida. Confira o trecho do livro ‘’O consolador’’ de Emmanuel, psicografado por Chico Xavier.

Que é arte?

“A arte pura é a mais elevada contemplação espiritual por parte das criaturas. Ela significa a mais profunda exteriorização do ideal, a divina manifestação desse “mais além” que polariza as esperanças da alma.

O artista verdadeiro é sempre o “médium” das belezas eternas e o seu trabalho, em todos os tempos, foi tanger as cordas mais vibráteis do sentimento humano, alçando-o da Terra para o Infinito e abrindo, em todos os caminhos a ânsia dos corações para Deus, nas suas manifestações supremas de beleza, de sabedoria, de paz e de amor.”

A transmissão foi encerrada com uma pintura mediúnica feita por Lívio. Na imagem era uma Cigana e os relatos dos seguidores foram de emoção, conforto e esperança.