Especial 21 de janeiro: Candomblé será representado no Carnaval 2020, no Rio

Foto: reprodução internet

No Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, uma boa notícia. A escola de samba Acadêmicos do Grande Rio anunciou que vai vestir a camisa da intolerância religiosa e do candomblé, durante o desfile, pelo sambódromo do Rio de Janeiro.

O Carnaval 2020 da verde e branca carioca, vai cantar o enredo “Tata Londirá: o Canto do Caboclo no Quilombo de Caxias”.

Além de entidades do Candomblé, a Grande Rio vai levar padres e pastores para representar o estado laico, em plena avenida.

Intolerância

A apresentação promete um grande tapete branco, a partir de uma ala composta por integrantes que vão representar o pedido de paz entre as religiões. Um ramos de folhas nas mãos vai simbolizar o respeito e o não à intolerância religiosa.

Grande Rio

A escola de samba tem experiência no quesito combate ao preconceito. Ela é considerada a primeira quadra a ter um banheiro destinado ao público LGBT. Além de já ter tido um desfile com uma ala exclusiva voltada para o tema.

Rainha de bateria, a atriz Paola Oliveira, gravou o clipe da escola de samba, usando vestes que fazem referência às religiões de matriz afro. Segundo a Grande Rio, a escolha foi em homenagem ao Pai de Santo, Joãozinho da Gomeia. Ele é considerado o pai do candomblé.

Fonte: www.uol.com.br