Fim de semana para Omulu, mas também com a cara de Exú

Foto: reprodução internet

O Dia 2 de Novembro, além de ser lembrado com o de Finados e de São Lázaro, no sincretismo religioso, também é quando se comemora o dia de Omulu, na Umbanda.

Orixá da renovação dos espíritos, Omulu é considerado como o ancião da terra, do final das doenças e da morte, além de ser classificado como o senhor da morada dos cemitérios. A vestimenta é conhecida como palha da costa e a festa anual em homenagem a ele é chamada de Olubajé, sendo que durante esse ritual, as comidas são servidas na folha de mamona.

Omolu na Umbanda é o orixá dos mistérios, o dia dele é a segunda-feira, a cor é o roxo e tem o perfil de guerreiro e brabo, mas apesar do temperamento forte, um bom banho de pipoca o acalma, sendo o mesmo banho que ajuda a devolver a saúde para um filho doente.

Oração

“Pai misericordioso, senhor da cura, dos males do corpo e do espírito, ilumina a minha mente para que eu não mais padeça com os meus velhos medos.
Para que a luz penetrante do sol queime tudo que não serve mais à minha vida, permitindo que o meu amanhã seja de saúde e prosperidade,

Em todos os campos da minha vida,

Na matéria e no espírito.
Que assim seja, meu Pai, amado filho do sol e da terra,

Que você banhe a minha vida
Com as suas bênçãos e com a proteção de seu capuz de palha.
Atotô, Obaluaiê
Atotô, Babá!”.

Exú no fim de semana

Neste sábado e domingo, as casas de axé fazem homenagens para outra entidade. Exú será lembrado em giras e festas especiais e o site Notícias de Terreiro destacou alguns eventos para a sua programação. Confira na agenda abaixo:

Dia 2, sábado

Às 17h, a festa para ele também vai contar com homenagem para Maria Padilha, na Casa de Caridade Cabocla Jandira, na Estrada do Pau da Fome, 4050, Taquara.

Às 18h, tem homenagens para Exuú e também para Pombagira, no Tempo de Umbanda Tsara Paixão Cigana, localizado na Rua Floresta do Sul, número 27, Praia da Brisa, Guaratiba. Informações: (21) 98602-6690. A casa pede que os interessados levem 1 kg de alimento não-perecível. Quem for vai poder participar das sessões de banho de pipoca com o Pai Omulu, para isso, doe milho de pipoca, azeite e vela fina.

Às 18h30, o Babalorixá Valmir de Ogum convida amigos e adeptos da religião para a sessão de homenagem à entidade, na Tenda Espírita Seara dos Pretos Velhos, que fica na Estrada Porto Nacional, 257, Bangu. As informações podem ser consultadas no telefone: (21) 96403-5606

Outros eventos

Ainda no sábado, a partir das 14h, o Terreiro de Santo Antônio, Hun Xwê Asafo Omã, realiza a festa para Preto Velho Pai João das Almas. Já às 16h, tem a Prece dos Desencarnados, no Centro Espírita Irmãos de Fé. O espaço fica na Rua José Machado, em Vaz Lobo. Contato: (21) 99164-6408.

Outra opção para o povo de axé é a palestra sobre “Conscientização e Ensinamentos”, com a direção do Pai Alex de Oxaguiã. O evento se repete todo 1 º sábado de cada mês na Travessa Pinto Teles, 271, Praça Seca. A entrada é franca. Informações no telefone: (21) 3340 -0450

Dia 3, domingo

Neste domingo, o compromisso é com o Ilê Axé Iya Omi Oxum Ipondá, através da Gira dos Pretos Velhos – com consulta – e Cruzambê com Pai Thomás de Aruanda. O endereço é o: Rua da Pracinha Cesário Aguiar, 256, no bairro Pitagueiras. Quem comparecer, deve levar uma vela branca.

Para todos os eventos é importante lembrar que se deve evitar o uso de roupas decotadas, curtas, escuras e transparentes.