Casas de matriz africana e advogados, engajados com a causa social, são homenageados durante encontro sobre liberdade religiosa no Rio

III Encontro de Direito à Liberdade Religiosa Foto: Henrique Esteves

Pela terceira vez, somente em 2019, autoridades, representantes das religiões de matriz africana e advogados engajados com a causa social, se reuniram para tratar sobre a temática da Liberdade Religiosa, no Rio de Janeiro.

Durante o 3 º Encontro de Direito à Liberdade Religiosa, realizado na subseção da OAB de Bangu, na Zona Oeste da cidade, além de debater acerca da intolerância sofrida pelos seguidores das religiões afro e resistência deles, 16 dirigentes de centros, templos, tendas e terreiros de Candomblé e Umbanda, foram homenageados por conseguirem seguir com as ações nesses espaços de fé.

III Encontro de Direito à Liberdade Religiosa
Foto: Henrique Esteves

Além dos representantes religiosos, também foram lembrados através de moção de louvor, congratulação e aplausos, 7 advogados dessa 31 ª subseção. As honrarias foram entregues pelo vereador e presidente da Frente Parlamentar contra Intolerância, da Câmara Municipal do Rio, Átila A. Nunes.

Ao lado dele, formaram a mesa a presidente da Subseção Bangu da OAB/RJ, Claudete Capella do Valle; o presidente da Comissão de Direito e Liberdade Religiosa da OAB Bangu, Silvio Machado; o advogado, jornalista e autor da lei que criou a Decradi, Átila Nunes e o membro do Conselho Estadual para Promoção da Liberdade Religiosa e Coordenador Estadual da Promoção da Liberdade Religiosa da Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, Márcio Righetti.

III Encontro de Direito à Liberdade Religiosa
Foto: Henrique Esteves

De acordo com dados do Ministério dos Direitos Humanos, no Brasil, a Umbanda e o Candomblé são as religiões mais perseguidas e, mais do que isso, o país registra uma denúncia de intolerância, contra o segmento, a cada 15 horas.

Para combater os índices, além da criação da Decradi, a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância, o Rio de Janeiro também ganhou, em agosto de desse ano, a implantação do Disque Intolerância da OAB/RJ (2272-2246).

Maiores informações no site: https://www.oabrj.org.br/

III Encontro de Direito à Liberdade Religiosa       Foto: Henrique Esteves

 

Abaixo confira a lista dos homenageados:

Casas de Matriz Africana-

vereador Átila A. Nunes homenageia Danielle Campos de Oliveira, do Inzo Ia Nzambi Mbanza Ia Mulenge

CENTRO ESPÍRITA DA VOVÓ CAMBINDA

ILÉ AXÉ CANTINHO DAS ÁGUAS

INZO IA NZAMBI MBANZA IA MULENGE

ILÊ AXÉ IGBODAN

ILÊ AXÊ DE OGUNJÁ

TENDA ESPÍRITA FILHOS DE OXALÁ

TENDA ESPÍRITA PAI CIPRIANO DA GUINÉ

KWE CEJA EZIN LEWA

KWÉ AZON SEJÝ GUÈMÝN DÃ BEWÁ

ILÊ ASE DAN CHUO OJORIO ODARA

CENTRO ESPÍRITA VOVÓ RITA

CENTRO ESPÍRITA OGUM IARA E CABOCLA JANDIRA

ILÉ ASÉ OMO ALAGBA ISO

NZO RIA NDANDALUNA NZAMBI KIZOLA

ESPAÇO ESTRELA DO ORIENTE

TEMPLO UMBANDISTA ESTRELA DO AMANHÃ

 

Advogados-

vereador átila A. Nunes homenageia o presidente da Comissão de Direito e Liberdade Religiosa da OAB Bangu, Silvio Machado

GEORGE LEITÃO TAVARES (PRESIDENTE DA COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DA ADVOCACIA)

JONEI GARCIA ALVIM (PRESIDENTE DA COMISSÃO DE DIREITO DESPORTIVO)

JÚLIO CESAR DA COSTA BITTENCOURT (ADVOGADO)

LUIZ CARLOS ALVES (PRESIDENTE DA COMISSÃO DO TRIBUNAL DE ÉTICA E DISCIPLINA) ODILON DA SILVA REIS (CONSELHEIRO DA 31 º SUBSEÇÃO DE BANGU)

SILVIO MACHADO FILHO (PRESIDENTE DA COMISSÃO DE COMBATE A INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

CLAUDETE CAPELLA DO VALLE (PRESIDENTE DA SUBSEÇÃO BANGU DA OAB)

 

Fotos: Henrique Esteves