Religião e solidariedade de mãos dadas, na Zona Oeste do Rio

Tenda Espírita Cabocla Jandira e Jurema

A campanha do agasalho realizada pela Tenda Espírita Cabocla Jandira e Jurema, que fica no Tanque, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, será encerrada hoje com a entrega de mais de 100 peças de frio, como calças, moletons, casacos, cobertores e lençóis, além de 50 quentinhas para quem precisa nas ruas da cidade.

Todos agasalhos foram doados de forma anônima durante o período de arrecadação batizado com o slogan “Me ajude a te ajudar”. De acordo com o zelador da casa, Ricardo de Xangô, cerca de 4 mil pessoas são assistidas por ano através dessas ações de caridade realizadas pelo espaço: “além dos moradores de rua, ajudamos da forma que pudemos tanto as creches quanto hospitais, abrigos e aqueles que buscam um auxílio espiritual”.

Quentinhas para doação no Rio de Janeiro

Nessa arrecadação a ideia era garantir mais humanidade durante o rigoroso inverno carioca, mas a Tenda já soma 85 anos amor ao próximo. No mês de abril, por exemplo, os voluntários e médiuns já tinham se reunido para angariar roupas e alimentos, que foram doados para a comunidade de Jardim Gramacho, em Duque de Caxias, e no mês passado desenvolveram uma campanha para doação de alimentos.

Tenda Espírita Cabocla Jandira e Jurema

A casa Umbanda foi fundada em 1934, por Augusta Cândida Cardoso e Adelino Cardoso que desembarcaram no Brasil, em 1914, oriundos de Portugal, no continente europeu.

Tenda Espírita Cabocla Jandira e Jurema, fundada em 1934

Em média, três giras são realizadas por mês no local, na Rua Henriqueta, 68. Os interessados em participar das correntes de solidariedade, podem fazer doações durantes esses eventos que são abertos ao público.

A primeira gira de agosto, da Tenda, será em homenagem a Exu e está marcada para às 20h do dia 9, sexta-feira que vem.

No dia 18, domingo, terá a festa de louvor ao Malandro Miguel, a partir das 16h. Já no dia 25, também um domingo, às 16h, será o louvor a Obaluayê.