Membros de religiões de matriz africana visitam Templo de Salomão

Local foi visitado por candomblecistas. Foto: Divulgação.

Cinco representantes do candomblé fizeram uma visita guiada pelo Jardim Bíblico do Templo de Salomão, sede mundial da Igreja Universal do Reino de Deus, no bairro do Brás, distrito do Belém, em São Paulo, no último sábado (28). O grupo foi recebido pelo Bispo Eduardo Bravo, que apresentou a história de Israel e destacou a importância da tolerância religiosa.

“Este encontro é muito importante para nós porque estamos quebrando os muros do preconceito e da intolerância. Queremos promover o diálogo e o respeito entre as religiões”, disse na ocasião.

Para Jacira Ferreira, Yá Lorixá do Terreiro Ylê Axé de Jibayê, da Bahia, fé e discriminação não combinam. Segundo ela, “o tempo é de vivências difíceis e só se pode mudar tudo isso quando existe amor e respeito”.

Ao término do passeio, que, em outros momentos também foi feito por judeus, católicos e muçulmanos, o Babalorixá Thiago Luiz disse que ficou “muito feliz com a oportunidade e muito grato também”.

“O Templo é muito bonito e acredito que os povos precisam se unir”, conclui.