Quando o ‘hobbie’ vira ofício: itens afro-religiosos fazem sucesso

E-commerce de produtos temáticos de Umbanda e Candomblé se torna fonte número um de renda de suas sócias

Produtos exclusivos com símbolos chave da religiosidade. Foto: Divulgação/Flecha Foto e Filme

Em determinadas ocasiões da vida, momentos difíceis podem preceder algo muito bom. Não é a toa que existe um ditado que diz: “Depois da tempestade, o sol sempre há de brilhar”. E foi assim que a carioca Bárbara Lyra e a brasiliense Patrícia Santos, moradoras de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, viram a sorte mudar através de uma atividade que, a princípio, era apenas um hobbie e, com o tempo, se transformou na loja online Mirongas.

O e-commerce foi fundado em dezembro de 2016 após um problema de saúde de Bárbara  e, a partir disso, Patrícia encontrou na produção de estampas para camisetas a atividade ideal para que Bárbara pudesse ocupar o seu tempo. No começo, as artes eram feitas apenas para amigos e irmãos do terreiro do qual fazem parte.

Bárbara é umbandista há 23 anos e Patrícia há 5. Ambas são filhas do Templo de Umbanda Olhos de Lince, que fica no bairro Barão de Iriri, na cidade de Magé, na Baixada Fluminense, e é dirigido pelo Babalorixá Felipe Aguiar. E a Umbanda está presente na vida da carioca desde sempre. Sua família possui forte ligação com a religiosidade afro-brasileira, já que suas duas avós foram, em vida, dirigentes de casas de axé.

Leia também: 

Brechó para louças de santo auxilia terreiros com poucos recursos

Jongo da Serrinha reabre as portas com plataforma de financiamento coletivo

Sossego fará enredo de 2019 sobre intolerância religiosa

Além dos muitos pedidos dos amigos do terreiro, outro fator determinante para a criação da loja virtual é o fato de muitas estampas que representam a religiosidade apresentarem sempre um mesmo padrão.

“Começamos a reparar em expositores presentes em festivais e em pessoas usando na rua que as estampas geralmente estão dentro de um mesmo padrão. Então, nos surgiu a ideia de fazermos um trabalho autêntico, com o nosso diferencial”, conta Patrícia.

A Mirongas comercializa também canecas, chinelos, sacolas para guias, ecobags e toalha de todos os tamanhos, além das camisas. Os produtos são divididos em linhas para adultos e kids. As sócias estão sempre buscando novidades e não se limitam somente ao que o e-commerce vende atualmente.  As vendas são feitas pelo Facebook, Instagram e Mercado Livre.

“Estamos sempre de olho no mercado de uma forma geral e, o que for interessante para a Mirongas, certamente, iremos agregar ao nosso catálogo. Procuramos não limitar nosso trabalho”, afirma Bárbara.

Sócias garantem sua fonte de renda
por meio do e-commerce e negócio se
expande cada vez mais. Foto:
Divulgação

O negócio tem dado tão certo, de acordo com elas, que tornou-se principal e única fonte de renda de suas sócias-fundadoras. Antes do e-commerce deslanchar, Bárbara trabalhava como auxiliar administrativa e Patrícia como assistente comercial. Além das estampas autorais, a Mirongas conta com uma parceria com a artista plástica Orádia Porciúncula. As imagens produzidas por ela são utilizadas nas camisas que possuem estampa full.  Todas as artes feitas pela artista contam com sua assinatura.

“No momento, nossa única parceria nesse quesito é com a Orádia, mas estamos em busca de outros parceiros que possam contribuir com imagens para estampas”, conta Patrícia.

Bárbara fica responsável pela parte administrativa do negócio. Já  o acervo autoral de imagens utilizadas nas estampas, é feito por Patrícia. A brasiliense diz ter um processo criativo bastante peculiar.

“Eu diria que meu jeito de criar é meio diferente… Enquanto estou criando, ouço pontos, pesquiso imagens e, quando percebo, já tenho alguma coisa em mãos. É um processo meio que intuitivo”, revela.

Aos interessados, uma ótima notícia: a Mirongas faz entregas para todo o Brasil. O e-commerce  também trabalha com revenda e já conta com representantes em Minas Gerais , São Paulo e Espírito Santo.

“Temos muitos clientes em BH (Belo HHorizonte) e estamos em busca de representantes de revenda em outros estados. Estamos negociando com uma revendedora em Cabo Frio”, informa Bárbara.

Além das parcerias com Orádia e os revendedores, a loja também tem o apoio de influenciadores que divulgam o nome da marca através de seus canais no Youtube. A marca é divulgada pelo Ogã Leo Batuke, do canal Leo Batuke – Pontos de Umbanda, Logan, do canal Pontos de Umbanda que também possui um e-commerce  segmentado para as religiões de matriz afro-brasileiras, e Betânia Leme do canal Canto de Sereia.

As sócias pretendem criar também um espaço físico para a Mirongas futuramente. A ideia, segundo elas, está sendo trabalhada.

“Há uma exigência do público para que tenhamos uma loja física. Pela proporção que o negócio está tomando, as chances de isso acontecer ficam cada vez maiores”, conta Bárbara.

Os produtos da Mirongas estão sempre marcando presença em festivais de curimba. Em média, Bárbara e Patrícia participam de eventos como expositoras uma vez por mês. Entre eles, Festival de Curimba Clara Nunes, Vozes do Axé e Atabaque de Ouro.

Atualmente o principal canal de vendas da loja virtual é o Facebook e o portal já se encontra em processo de reformulação para melhor atender seus clientes. Quem quiser, pode fazer os pedidos pelo WhatsApp, além de tirar dúvidas clicando aqui para entrar no chat.

*Estagiário de Redação supervisionado pela jornalista responsável Íris Marini.