Oficina em Porto Alegre apresenta cultura africana Yorùbá para crianças e adultos

Percussionista e dançarino nigeriano Ìdòwú Akínrúlí vai introduzir os participantes na cultura Yorùbá - Foto: Divulgação/Ramon Moser

Adultos e crianças que quiserem aprender sobre a cultura africana Yorùbá têm uma chance no dia 24 de março durante a oficina “Vivência da cultura africana Yourùbá”, que ocorrerá no Auditório Luiz Cosme da Casa de Cultura Mario Quintana, às 15h, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Haverá contação de histórias com canto e brincadeiras com tambores tradicionais. O percussionista e dançarino nigeriano Ìdòwú Akínrúlí vai introduzir os participantes nesta que é uma significativa cultura da história do continente africano. As inscrições devem ser feitas neste link.

Leia também:

Batuque, Umbanda e Quimbanda para além das fronteiras geográficas

A oficina, com investimento de R$ 20 (crianças), R$ 40 (adultos) e R$ 60 (casais), é voltada a artistas, percussionistas, dançarinos, professores, pesquisadores da cultura de matriz africana, quilombolas, povo de religião matriz africana e afrodescendentes, além de interessados em geral. Os objetivos são promover e fomentar ações sobre a cultura Yorùbá – importante na formação da arte e cultura brasileiras. Serão abordados conhecimentos fundamentais como técnicas, histórias, instrumentos e ritmos.

Percussionista, dançarino, baterista e professor nigeriano, Ìdòwú Akínrúlí atualmente, dirige o Grupo ÌBEJÌ e Ò̩s̩é̩è̩túrá Africa’njazz, fundado com o propósito de promover e difundir a cultura de matriz Yorùbá, além de coordenar o evento ÀKÓKÒ ÀWÒ DÚDÚ – Tempo da Pele Negra, este ano em sua quinta edição.

A Casa de Cultura Mario Quintana fica na Rua dos Andradas, 736, Centro Histórico, Porto Alegre.

Mais informações pelo telefone (51) 98162 -0852 ou por e-mail contatoiluakin@gmail.com. Você pode ainda acessar o site do grupo e o Facebook.