Valorizando o sagrado e o profano

Em dezembro, descobri um local cativante na cidade de São Paulo: o Bar Templo, que tem como slogan “O Bar de Fé”. Vale a pena conhecer quando for à Terra da Garoa. Instalado em um amplo galpão do início do século, no coração da Mooca, na Rua Guaimbé, 322, o Templo é um endereço “inusitado, divertido, curioso, pautado no sincretismo religioso, gastronômico e musical”, como se classificam. Mais de 800 imagens de santos cristãos, umbandistas, hinduístas, budistas – treze delas com mais de dois metros de altura fazem parte do acervo e a decoração.

É repleto de Orixás, anjos, eu fiquei encantado. Um espaço que é místico onde cada item possui a sua magia. É um local bonito, afro e que resguarda a nossa cultura.

Leia ainda: Batuque, Umbanda e Quimbanda para além das fronteiras geográficas

Fui a convite de uma turma que já veio visitar meu terreiro recentemente. Entre elas, a intérprete de música afro Juliana Passos, que está gravando algumas músicas minhas, as utiliza em seu repertório nos shows e promove eventos em São Paulo. Apesar disso, nunca tínhamos nos encontrado antes. A apresentação ocorreu em parceria com o Samba do Ofanirê, na Festa da Flora Xangô e seus parceiros. A casa lotou e louvamos, mais uma vez, o Orixá da Justiça com a voz de uma criança que subiu ao palco quando eu cantava o Brado de Xangô.

A fachada do espaço tem luzes contornando o desenho do telhado e há uma enorme porta de madeira entalhada à mão, com idade estimada em mais de 700 anos, trazida de uma mesquita de Fez – a mais antiga das Cidades Imperiais do Marrocos, a casa tem também anjos barrocos e um balcão feito de pau-a-pique e recoberto por madeiras, como as de carroceria de caminhão. Em outras palavras, toda a atmosfera do Templo transpira fé, espiritualidade, paz e alegria.

Para os proprietários, “o Templo é uma casa de celebração – dos sentidos e dos sentimentos – e convivência delicada do que para uns é sagrado com o que pode ser visto como eventualmente profano”, já que se trata de um bar.

É um lugar que fui convidado e pretendo voltar a cantar. Vai vendo…