Experiência de Quase Morte existe e é mais comum do que parece

Foto: Reprodução da internet

Cada vez mais é comum relatos de pessoas que afirmam ter tido uma experiência de quase morte. Mas o quê significa isso? O termo experiência de quase-morte (EQM) refere-se a um conjunto de sensações frequentemente associadas a situações de morte iminente geralmente derivadas de paradas cardiorrespiratórias.

O termo foi cunhado pelo Dr. Raymond Moody em seu livro “Vida Depois da Vida”, escrito em 1975. Várias personalidades brasileiras já relataram ter passado por essa experiência. Uma delas é o velejador Lars Grael. Em 1998, o velejador sofreu duas paradas cardíacas após sua perna direita ser decepada por uma lancha que o atropelou durante uma regata .

“É uma coisa muito difícil de descrever. Nem imaginava que isso pudesse acontecer. Tive uma morte momentânea e me senti mais leve, com menos dor. Senti muita paz. Me vi levantando do meu corpo. Voltei à vida, mas tive uma segunda parada e de novo me senti saindo do corpo. Era uma sensação menos nítida, acho que estava partindo mesmo. Foram, contudo, só alguns segundos. Parece que o tempo ficou parado”.

O cantor Fábio Júnior também viveu uma E.Q.M quando estava internado devido a um problema cardíaco. Fábio confessou que chegou a se ver fora do corpo, deitado na cama de hospital e cercado por várias pessoas.

“Me senti como se estivesse desencarnado. Vi meu corpo deitado ali e pensei: será que já fui?”, relembrou o cantor que, felizmente, se recuperou por completo meses depois. O fato é que muitos cientistas afirmam que todas essas sensações nada mais são do que reações químicas do cérebro. Mas um relato veiculado no telejornal da TV Bandeirantes questiona a visão científica.

A empresária paulistana Marisa Cruz passou por um AVC (derrame) e acabou sendo internada em estado de coma. Durante o período ela relatou que seu espírito passeava por várias alas do hospital. Num desses passeios ela avistou uma grande amiga, Ana Oliveira. Ao ter alta Marisa ligou para a amiga agradecendo a visita e Ana se assustou.

“Eu fui ao hospital sim, mas para uma consulta com a minha filha. Nem sabia que ela estava internada”, diz.

Para surpresa de todos Marisa conseguiu até descrever as roupas que a amiga vestia naquele dia. Mas não é só o próprio corpo que é visto em uma E.Q.M. Relatos dão conta da visão de um túnel com uma luz branca e também de locais com outras pessoas semelhantes as colônias espirituais. O fato mais curioso é que as experiências de quase morte cada vez mais despertam o interesse da classe médica. Seria o início da aceitação dos fenômenos espirituais?

O filme “Linha Mortal”, lançado em 1990 e dirigido por Joel Schumacher, fala de uma forma ficcional da E. Q. M. O longa é strelado por Kiefer Sutherland, Julia Roberts, William Baldwin, Oliver Platte, Kevin Bacon. Já o seu remake, que estreou ano passado, foi denominado “Além da Morte”.  No elenco, Ellen Page, Diego Luna, Nina Dobrev, James Norton e Kiersey Clemons. Kiefer Sutherland (24 Horas), astro do suspense de 1990, retornará para uma participação especial como um “médico experiente”. Veja o trailer de ambas as versões abaixo:

 

Linha Mortal

Além da Morte